Central 1746 completa 5 anos com mais de 17 milhões de ligações

 23/03/2016 /   Notícias
Compartilhar:       Imprimir


No mês de aniversário da Cidade Maravilhosa, a Central de Atendimento ao Cidadão 1746 completa cinco anos de operação com índice de satisfação pela resolutividade dos chamados de mais de 70%. Criada em março de 2011, o serviço se firmou como o mais importante canal de comunicação entre a Prefeitura e os moradores da cidade.  Atualmente os serviços mais demandados pela Central 1746 são remoção de entulho, estacionamento irregular, pedido de reparo de lâmpadas apagadas, manejo de árvores e reparo de buracos. 

Ao longo desses cinco anos de funcionamento, o 1746 modernizou o serviço com a implantação de novas ferramentas que deram mais agilidade ao atendimento. Com capacidade para 300 atendimentos simultâneos e 600 mil atendimentos por mês, a Central funciona 24 horas por dia. O contato pode ser feito via telefone – pelo número 1746 -, por meio de aplicativos para celulares e pelo site www.1746.rio. Além disso, em 2015 foi lançado o atendimento via Whatsapp para denúncia de construções irregulares e inaugurado o primeiro posto  fixo na Região Administrativa de Madureira.

Desde que foi inaugurada, a Central contabiliza mais de 17 milhões de chamados. A participação dos cidadãos quase dobrou nesse período. Em 2011 foram 1.980.179 ligações recebidas e em 2015 foram 3.350.727 chamados. Nesses cinco anos, os principais órgãos municipais demandados foram Comlurb, Guarda Municipal, Rio Luz, Seconserva e Secretaria Municipal da Saúde. Já o bairro mais atuante, desde o início das operações da central, foi Campo Grande, seguido de Tijuca, Copacabana, Bangu e Taquara.

Posto fixo em Madureira

Lançado em dezembro de 2015, com o objetivo de qualificar a prestação de serviço ao cidadão, foi o primeiro posto fixo de um projeto que prevê a instalação de 33 unidades na cidade. A Região Administrativa de Madureira responde pelos bairros de Madureira, Bento Ribeiro, Campinho, Cascadura, Honório Gurgel, Marechal Hermes, Oswaldo Cruz, Rocha Miranda, Vaz Lobo e Turiaçú. O atendimento no posto será presencial, realizado por um funcionário da própria RA, que foi treinado pela equipe do 1746.


WhatsApp
Em junho de 2015 foi lançado o canal de contato via Whatsapp para denúncias de construções sem licença, em favelas ou em Áreas de Especial Interesse Social (AEIS). Desde que foi criado, o serviço registrou até o momento, cerca de 400 pedidos, a maioria deles na área da Barra e de Jacarepaguá.
Para denunciar, o cidadão deve enviar mensagens e imagens pelo aplicativo que Whatsapp para o número (21) 98909-1746. Assim que for localizada a área da reclamação, os dados serão encaminhados à subprefeitura correspondente, que acionará a secretaria municipal responsável – que pode ser a do Meio Ambiente, Urbanismo, Conservação ou Ordem Pública. O prazo para que a vistoria seja realizada é de dez dias corridos.


Novas tecnologias
O aplicativo da Central de Atendimento da Prefeitura do Rio ganhou novo design, está mais moderno e eficiente. Com o objetivo de tornar ainda mais ágil o processo de solicitação, o protocolo de alguns serviços foram revisados e otimizados. Estacionamento irregular, por exemplo, teve algumas etapas reduzidas para facilitar o atendimento da demanda no prazo máximo de 30 minutos.
No último ano, o site e o aplicativo registraram um aumento no número de solicitações em mais de 50%. O processo para abertura de chamado gera um número de protocolo web, imediatamente após o envio da solicitação. As plataformas permitem ainda ao usuário acessar notícias, vídeos, fotos e dados estatísticos sobre as principais demandas de cada região da cidade.

Cidade Mais Inteligente do Mundo
Em novembro de 2013 o Rio recebeu o prêmio World Smart City, em Barcelona, e a Central 1746foi um dos cases que levaram à conquista do título, por ser uma das ações inovadoras que melhoraram a vida do carioca. A cidade foi escolhida a mais inteligente do mundo, superando mais de 200 candidaturas de 35 países diferentes.

 

Hackaton 1746
Desafio realizado em agosto de 2013, voltado para programadores e hackers com o objetivo de desenvolver soluções para as quatro maiores demandas do 1746: poda de árvores, iluminação pública, manutenção de vias e estacionamento irregular. Durante os dois dias de competição, os participantes tiveram acesso à base de dados da Prefeitura para a criação de seus produtos.

 

Patrulha 1746

Foi criada em março de 2013. O serviço conta com servidores que circulam pela cidade para vistoriar os chamados finalizados pela Central. O objetivo é checar se as solicitações foram atendidas de forma qualificada. No total, cerca de 60 ouvidores de diferentes secretarias se dividem em jornadas de cerca de seis horas para a realização das inspeções.

 

Veja também ...