Central 1746 é tema do Papo Carioca da Prefeitura do Rio

 09/11/2017 /   Notícias
Compartilhar:       Imprimir


A Central 1746 de Atendimento ao Cidadão foi o tema do Papo Carioca, na última segunda-feira (6). O programa da Prefeitura do Rio, transmitido ao vivo pela página do Facebook, contou com a participação do coordenador, Gustavo Silva, e da monitora de qualidade, Thais Nascimento, para explicar o funcionamento da Central 1746.

O canal de relacionamento entre o cidadão e todos os órgãos da Prefeitura do Rio é responsável por receber a solicitação do carioca, entender o que ele deseja, registrar no sistema, fornecer informações e orientações e, quando necessário, encaminhar o pedido ao órgão competente.

Além de enviar as solicitações de serviço dos cariocas aos órgãos, a Central também fornece cerca de mil tipos de informação sobre assuntos de âmbito municipal relacionados à todas as secretarias da Prefeitura do Rio.

Durante o programa foram exibidas matérias que mostram a rotina de trabalho dos operadores e como é feito o atendimento ao cidadão. Na primeira delas, os atendentes explicam como a solicitação é registrada no sistema e encaminhada ao órgão competente pelo serviço. O atendimento trilíngue também foi mencionado e a importância deste recurso para uma cidade turística foi destacada.

Com mais de 1 milhão de chamados registrados e 75% dos casos solucionados este ano, o índice de satisfação dos cidadãos chegou a 80% em outubro. O coordenador da Central 1746, Gustavo Silva, explica o que foi necessário para atingir esses dados.

“Conseguimos atingir esses números trabalhando constantemente em melhorias. Através dos dados da Central, a gente consegue entender os pontos onde a Prefeitura pode melhorar e sugerir mudanças na atuação dos órgãos, assim como no nosso atendimento”, explicou.

Além do atendimento, fornecimento de informações e encaminhamento de solicitações aos órgãos, a Central 1746 conta ainda com uma equipe de gestão que monitora os dados e fornece relatórios aos órgãos para que estes atuem nas áreas da cidade que mais necessitam de ações.

A segunda matéria exibida no programa acompanhou o caminho que uma solicitação percorre até ser solucionada. A equipe do Papo Carioca acompanhou a chegada de uma solicitação de retirada de entulho à Central e a execução do serviço pelos garis da Comlurb.

As solicitações podem ser feitas por cinco canais de atendimento disponíveis ao cidadão: o telefone 1746, o portal 1746.rio, o aplicativo, o portal Carioca Digital e o atendimento presencial nas 33 Regiões Administrativas espalhadas pela cidade.

De todos os canais, o telefone ainda é o mais acionado. É pela central telefônica que chega a maioria das solicitações dos cidadãos. Por isso, é necessário que este serviço seja monitorado e atualizado constantemente a fim de oferecer ao cidadão um atendimento satisfatório e útil.

A monitora de qualidade da Central 1746, Thais Nascimento, explicou em sua participação no programa que, no atendimento ao cidadão, diversas situações inusitadas ocorrem ao telefone, mas explica que é preciso seguir o procedimento de solicitação de dados sem deixar de considerar o lado humano.

“Durante meu período de experiência, atendi uma gestante em trabalho de parto que solicitou uma ambulância, mas o bebê nasceu enquanto ela falava comigo pelo telefone. Encaminhei o chamado para a central de ambulâncias e, no final, o bebê nasceu com saúde. A ambulância encaminhou os dois para a maternidade”, contou.

Sobre o Papo Carioca

O Papo Carioca é transmitido, ao vivo, pela página da Prefeitura do Rio no Facebook, sempre às segundas e quintas, às 20h. O programa tem duração de meia-hora e interage com os usuários, respondendo perguntas realizadas nos comentários do vídeo, enviadas por um número de WhatsApp ou utilizando a hashtag #papocarioca no Twitter.

 

bit.ly/2zwZSBH

Veja também ...