menu
Acessibilidade

Primavera chega nesta quarta-feira com frente fria e previsão de chuva fraca em pontos isolados do Rio

última modificação - 22/09/2021 às 4:25:24

Estação de transição entre o período seco e chuvoso, a primavera chega às 16h21 desta quarta-feira (22/09) com passagem de frente fria, que manterá o tempo instável na cidade do Rio de Janeiro provocando queda nas temperaturas e chuva fraca em pontos isolados a qualquer momento do dia. Segundo o Sistema Alerta Rio, o céu ficará encoberto e as temperaturas estarão em declínio, com máxima de 24ºC e mínima de 16ºC. Os ventos serão predominantemente moderados (18,5 km/h a 51,9 km/h) até o período da tarde e fracos a moderados (até 51,9 km/h) no período da noite.

De acordo com o Alerta Rio, a primavera registra menor número de massas de ar frio na cidade e os dias costumam ser mais quentes com temperaturas máximas elevadas. Entre outras características, a amplitude térmica é maior durante a estação, que é a diferença entre a temperatura mínima e a máxima do dia. As pancadas de chuvas também são mais frequentes devido a áreas de instabilidade.

– A estação é de transição, entre o inverno e o verão, que aqui no Rio tem grandes volumes de chuva. A primavera é marcada pela diminuição da chegada de massa de ar frio. A tendência será de dias com temperaturas mais elevadas, mas não quer dizer que não teremos frio nesse início da primavera. Por conta do aumento da temperatura, teremos pancadas de chuva no fim da tarde, que são bem típicas do verão devido ao calor e à umidade – explica Juliana Hermsdorff, meteorologista-chefe do Sistema Alerta Rio, que fica no Centro de Operações da Prefeitura do Rio.

A meteorologista lembra ainda que a Marinha do Brasil prorrogou o aviso de ressaca, com previsão de ondas de até 3,5 metros de altura, que podem atingir a orla do município do Rio até as 21h desta sexta-feira (24/09).

Na série histórica da primavera, o Alerta Rio registrou as temperaturas mais altas na cidade no ano de 2020 na estação de Irajá, que marcou 43,6°C, às 15h30 no dia 02/10; em 2015, na estação de Santa Cruz (42,5°C), às 12h no dia 16/10; em 2014, na estação de Guaratiba (42,0°C), às 13h no dia 13/10. Em relação à ocorrência de chuva durante a estação, os anos de 2020 (83,5mm), 2018 (82,9mm) e 2016 (82,4 mm) foram os que tiveram a média mais chuvosa na cidade.

 

O Alerta Rio realiza, diariamente, o monitoramento e a previsão do tempo de até quatro dias à frente, sendo atualizada ao longo do dia pelos meteorologistas. Outras ferramentas auxiliam no monitoramento feito pelos especialistas, como o radar meteorológico do Sumaré, que gera imagens dos núcleos de chuva de dois em dois minutos, e as 33 estações pluviométricas, que fornecem dados a cada 15 minutos.

O cidadão pode acompanhar, em tempo real, todas as informações sobre as condições do tempo no perfil do Centro de Operações Rio no twitter @OperacoesRio e no aplicativo COR.Rio, versões iOS (bit.ly/appcor_ios) e Android (bit.ly/appcor_android).

Converse com a Central 1746 pelo WhatsApp

Importante:

O portal não funciona corretamente no Internet Explorer. Recomendamos a utilização de navegadores como o Chrome ou Firefox.

Baixe o app