menu
Acessar | Cadastrar
Acessibilidade

Serviços

Informações sobre o Coronavirus

1. O que é o serviço: 

Informações sobre Coronavírus - COVD-19. 
 
2. Como o órgão atua: 
Paciente com sintomas (febre e pelo menos um sinal/sintoma respiratório) e histórico de viagem para países com transmissão local nos últimos 14 dias ou contato próximo de caso suspeito de infecção pelo novo Coronavírus deve procurar a unidade de saúde mais próxima para avaliação médica. Para procurar a unidade de saúde mais próxima, acesse:   https://pcrj.maps.arcgis.com/apps/webappviewer/index.html?id=014d8ab512a34f259bb27c8a13d4d65f 
 
Para consultar as medidas de prevenção e controle do coronavírus e demais informações, acesse o link a seguir:
http://www.rio.rj.gov.br/web/vigilanciasanitaria/exibeconteudo?id=11044464.  Há orientações específicas para os temas abaixo:
1. Higienização das Mãos
 
2. Estabelecimentos de Saúde
 
3. Serviços e Indústrias de Alimentação
 
4. Estabelecimentos em Geral
 
5. Estabelecimentos Farmacêuticos
 
6. Entrega de Alimentos em Domicílio
 
7. Serviços Funerários
 
8. Uso adequado de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)
 
9. Protocolos de entrada em casa
 
10. Protocolos para sair de casa
 
11. Protocolos de convivência com pessoas no grupo de risco
 
12. Orientações para a compra de álcool 70%
 
3. Informações complementares: 
Orientação sobre o de luvas e máscaras: As luvas e as máscaras não previnem a contaminação de alimentos e de ambientes. Elas são recomendadas para as pessoas que estão doentes. Além disso, na legislação não há obrigatoriedade para o uso desses itens por parte dos manipuladores de alimentos, mesmo diante da situação de pandemia de coronavírus. Lembramos que qualquer pessoa doente tem que ser afastada imediatamente do trabalho.
 
Orientação sobre o uso de álcool gel ou liquido:A disponibilização do álcool antisséptico 70% (gel ou líquido) para as mãos é obrigatória em hospitais, clínicas, consultórios, ambulâncias, postos de coletas de sangue, farmácias e  drogarias que realizam aplicação de injetáveis, além de estúdios de piercings e tatuagens e outros locais que fazem procedimentos invasivos. Para os demais estabelecimentos não há obrigatoriedade de  disponibilizar o produto. No entanto, devem ter lavatórios com água e sabão líquido, dispensadores de papel-toalha e  lixeira com tampa e pedal para a limpeza das mãos, que é uma das principais medidas de prevenção a doenças, como o coronavírus.
 
Utilização de EPIs (luvas e máscaras) para trabalhadores: As demandas referentes ao uso de luvas e máscaras (EPIs) estão sendo avaliadas de acordo com a classificação do grau de risco biológico, que varia com cada tipo de atendimento prestado.
Os sintomas mais comuns são febre, tosse e dificuldade para respirar Para se prevenir, lave as mãos com frequência, com água e sabão ou higienize com álcool gel 70%; ao tossir e espirrar cubra nariz e boca com lenço ou com braço e não com as mãos; se estiver doente evite contato físico com outras pessoas e fique em casa até melhora dos sintomas; evite tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas. Ao tocar lave sempre as mãos; não compartilhe objetos de uso pessoal como talheres, toalhas, pratos e copos; evite aglomerações e mantenha os ambientes ventilados.
 
Nos casos de idosos ou de pessoas que não podem se deslocar, um familiar deverá procurar a unidade de atenção primária de referencia para orientações. Se perceber algum vizinho/parente/amigo possuem os sintomas e não estão procurando orientação médica, procure a unidade de atenção primária de referencia para orientações.  Para mais informações, acesse http://prefeitura.rio/saude/saude-publica-plano-municipal-de-contigencia-contra-o-coronavirus/ 
 
No momento não ha evidencia cientifica de que animais domésticos podem se contaminar. Produtos que vem da China não podem trazer vírus. Vitamina D não cura nem previne Coronavírus. Até o momento não ha qualquer medicamento que possa prevenir a doença.
 
Caso se trate de servidor da PCRJ com mais de 60 anos que não tenha sido dispensado do trabalho, deve ser aberto uma crítica para a Ouvidoria do órgão onde o servidor está lotado. Caso se trate de funcionário com mais de 60 anos de empresa privada, a orientação é para procurar o RH da empresa. Nos casos de descumprimento do Decreto do Governo do Estado, o idoso deve acionar a polícia (190).
 
O idoso somente precisa ser transferido para o atendimento especializado da SEMESQEV se não ficar satisfeito com as orientações do atendente da Central e precisar de um acolhimento adicional.
 

Criado em: 13/03/2020

Atualizado em: 30/03/2020

Importante:

O portal não funciona corretamente no Internet Explorer. Recomendamos a utilização de navegadores como o Chrome ou Firefox.

Baixe o app