menu
Acessar | Cadastrar
Acessibilidade

Informação

Informações Programa Auxílio Carioca – Famílias mais pobres

lock Anônimo
1 - O que é o serviço:
Ajuda para famílias em extrema pobreza, não incluídas em nenhum outro programa de transferência de renda.
 
FAQ AUXÍLIO CARIOCA – FAMÍLIAS MAIS POBRES – 24/03/21
 
1) O que é o auxílio carioca - famílias mais pobres?
É uma transferência de renda que será paga pela prefeitura a fim de dar suporte ás famílias mais vulneráveis da cidade do rio de janeiro neste momento de restrições.
 
2) Qual o valor do auxílio carioca - famílias mais pobres?
O auxílio carioca - famílias mais pobres - terá o valor de R$ 200,00
 
3) Quantos meses e quando será pago o auxílio carioca - famílias mais pobres?
Apenas 1 (uma) parcela. Estará disponível a partir de 31/03/21
 
4) Quem receberá o auxílio carioca - famílias mais pobres?
Famílias que atendam a todos os seguintes requisitos:
- cadastro incluído/atualizado no sistema cadastro único nos últimos 24 meses.
- fizeram a inclusão/atualização cadastral no sistema cadastro único até dia 12/02/21
- perfil de extrema pobreza e pobreza (renda per capita de até R$178,00) no sistema cadastro único até dia 12/02/21
- CPF do responsável familiar esteja registrado no cadastro único
- não estavam na folha de pagamento do programa bolsa família em março/21.
 
5) A família atende parte dos critérios, ela poderá receber o auxílio famílias mais pobres?
Não, é necessário a família atender a todos os critérios.
 
6) Qual a fonte de informação do auxílio carioca - famílias mais pobres?
Todas as informações foram extraídas da base do cadastro único, considerando as informações registradas no sistema até a data de 12/02/21
 
7) Quantas pessoas por família podem receber o auxílio carioca - famílias mais pobres?
Cada família receberá apenas uma parcela de R$200,00, independente do número de pessoas na sua composição. O auxílio carioca será disponibilizado exclusivamente no CPF do responsável familiar indicado no sistema cadastro único até 12/02/21. 
 
8) Como é possível saber se a(o) cidadã(o)tem direito ao auxílio carioca - famílias mais pobres?
O cidadão pode:
- através de consulta pelo CPF do responsável familiar no site carioca digital (carioca.rio),
- entrar em contato com a central 1746 que fará a consulta pelo CPF do responsável familiar;
- comparecer em um dos CRAS ou CREAS
 
9) Todo o beneficiário do auxílio carioca – famílias mais pobres, precisa consultar o carioca digital?
Sim, para confirmar se o telefone e email que consta no cadastro único encontra-se atualizados, e garantir a disponibilização do benefício.
 
10) Quando é possível consultar o CPF no carioca digital?
A partir de 26/03/21.
 
11) A atualização dos dados estará disponível no carioca digital quando? 
A partir de 29/03/21. Nesta atualização ele deverá informar obrigatoriamente nome completo, CPF, data de nascimento, nome da mãe, email e telefone celular
 
12) O cidadão verificou que seu CPF não consta para receber o auxílio carioca - famílias mais pobres. Tem alguma forma para ele ser incluído nesta lista?
Não, o auxílio carioca só será concedido para aqueles cujos requisitos foram atendidos.
 
13) O que é necessário para que o banco possa gerar conta aonde o benefício será depositado? 
- o responsável familiar precisa ter: 
- CPF ativo
- a informação de nome de mãe (ainda que seja “não declarado”) e data de nascimento precisa estar idêntica a constante na receita federal
- um número de telefone celular ativo por família 
- um endereço de email ativo e acessível (será necessário o cidadão acessar o email para poder receber)
 
14) Quando o valor vai estar disponível na conta?
A previsão é de que os cidadãos que informaram seus dados corretamente no carioca digital poderão acessar o valor dia 31/03/21.
 
15) é obrigatória a informação de celular e email para o recebimento do benefício?
Sim. O celular e email são obrigatórios.
 
16) Se o cidadão não tiver um celular ou email, ele pode informar o número de outra pessoa?
Preferencialmente o cidadão deve informar um número de celular e email utilizado exclusivamente por ele, visto que informações sigilosas para acesso ao benefício serão enviados para estes meios.
 
17) O cidadão consultou o carioca digital, já atualizou ou não precisa atualizar nenhum dado, o que o cidadão precisa fazer agora?
Ele pode baixar no seu celular (o mesmo que está informado no cadastro único) o aplicativo “superdigital”, seguindo o passo-a-passo do aplicativo e acompanhar a liberação do seu benefício.
 
18) Ao baixar o aplicativo o cidadão deve abrir uma conta?
Não. A prefeitura do rio de janeiro já fez a criação da conta a partir das informações do cadastro único, tendo o cidadão que apenas acessar seguindo o passo-a-passo do aplicativo e acompanhar a liberação do seu benefício.
 
19) Todos os beneficiários do auxílio receberão no mesmo dia?
A data da liberação do benefício dependerá da consistência das informações prestadas na entrevista do cadastro único. 
 
20) Qual a forma de utilização do auxílio?
Por movimentações virtuais (compras digitais, transferências entre contas)
O auxílio carioca é uma transferência direta de renda para a família utilizar neste período restritivo para o bem estar de sua família.
 
21) O cidadão pode sacar seu beneficio?
Não. O benefício somente poderá ser utilizado em movimentações virtuais
 
22) Quanto tempo o cidadão tem para utilizar seu auxílio?
O auxílio tem validade de 90 dias. Caso não movimente o valor neste período, o dinheiro retornará para os cofres públicos. A confirmar, dependendo da resposta do banco
 
23) O cidadão deve ir ao Santander para abrir uma conta para receber o benefício?
Não. A prefeitura irá abrir uma conta digital para depósito do benefício
 
24) O cidadão informa ser MEI, beneficiário do bpc, ter vínculo formal de emprego, auxílios do INSS, ou benefícios similares (exceto bolsa família e cartão família carioca). Ele poderá receber o auxílio carioca- famílias mais pobres?
Caso ele atenda aos critérios listados no ITEM 4, não há impedimento para o recebimento do auxílio.
 
25) É possível receber o auxílio carioca – famílias cariocas e o de ambulantes juntos?
Caso ele atenda aos critérios listados no ITEM 4, não há impedimento para o recebimento do auxílio;
 
26) O responsável familiar faleceu ou não é mais aquele que consta no cadastro único, porém não foi feita essa alteração no sistema. Outra pessoa poderá receber o auxílio?
Não. O auxílio carioca será disponibilizado exclusivamente no CPF do responsável familiar constante no sistema cadastro único até 12/02/21.
 
27) Quem fez um cadastro novo após dia 12/02/21, mas está no perfil para receber o auxílio carioca- famílias mais pobres. Tem como receber?
Não. O auxílio carioca será disponibilizado exclusivamente para famílias que atendam a todos requisitos listados no ITEM 4;
 
28) A situação financeira da família não é mais aquela constante no cadastro único, mas não foi feita essa alteração no sistema antes do dia 12/02/21. Pode fazer a atualização agora? Tem, ainda, como receber o auxílio?
A atualização cadastral pode ser feita a qualquer momento, porém, para o recebimento do auxílio carioca só foram consideradas informações no cadastro único até 12/02/21.
 
29) Quem está com agendamento marcado para atualizar seu cadastro, mas em 12/02/21 seu cadastro estava desatualizado (mais de 24 meses), o responsável familiar não é mais aquele, sua situação financeira mudou e hoje ele se enquadra para receber o auxílio. Tem como receber?
Não. O auxílio carioca será disponibilizado considerando exclusivamente as informações constantes no sistema cadastro único até 12/02/21
 
30) Quem começou a receber o bolsa família em março/21. Tem direito ao auxílio?
Não. O auxílio carioca será disponibilizado considerando exclusivamente as informações constantes no cadastro único até 12/02/21 e se a família não era beneficiária do pbf em março/21.
 
31) em março/21 o benefício pbf do cidadão estava bloqueado. Ele poderá receber o auxílio?
Não. Mesmo com o benefício do programa bolsa família bloqueado a família continua fazendo parte do programa. O cidadão deve procurar o cras/creas de referência para avaliar a situação do seu benefício.
 
32) As famílias do programa bolsa família que estavam com seu benefício em março/21 liberado/bloqueado ou suspenso, receberão o auxílio?
Não. As famílias em qualquer uma das situações descritas são famílias beneficiárias do programa bolsa família, e não fazem jus ao auxílio carioca.
 
33) As famílias que já foram beneficiárias do programa bolsa família, mas estavam com o benefício cancelado em março/21, podem receber o auxílio?
Sim. Desde que atendam os requisitos listados no ITEM 4.
 
34) A família já foi cadastrada no cadúnico, mas com cadastro excluído em 12/02/21. Ela poderá receber o auxílio?
Não. É necessário que em 12/02/21 a família esteja com o status de cadastrada no cadúnico e atender aos requisitos listados no ITEM 4

Criado em: 18/11/2020

Atualizado em: 27/03/2021

Importante:

O portal não funciona corretamente no Internet Explorer. Recomendamos a utilização de navegadores como o Chrome ou Firefox.

Baixe o app