menu
Acessibilidade

Informação

Análise de macacos ou micos achados mortos

1. O que é o serviço: 
Coleta do cadáver de macacos ou micos achados mortos na cidade, para análise laboratorial de Febre Amarela e Raiva. 

2. Casos em que o órgão não atua: 
Macacos ou micos encontrados vivos, mesmo que aparentemente doentes ou com lesões de traumatismo. O atendimento compete à Secretaria de Meio Ambiente.

3. Informações necessárias para a abertura do chamado: 
•Nome completo e telefone de contato 
•Endereço completo, com ponto de referência, do local onde se encontra o animal
•Relato da situação e quantidade de animais

Observação:

O município do Rio de Janeiro realiza apenas o exame para diagnóstico da Raiva, por meio do Laboratório de Saúde Pública (LASP). As demais amostras são enviadas ao laboratório oficial do Estado para pesquisa, diagnóstico e investigação epidemiológica da febre amarela pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).


4. Informações complementares:
Mantenha o cadáver isolado do contato de pessoas e animais, e se possível, coberto por uma caixa ou balde para sua preservação. 
Não tocar no animal, ou livrar-se do cadáver, que deverá ser recolhido e analisado pela SUBVISA. Em caso de contato, procure uma das Unidades de Saúde para orientação médica. 

5. Prazo para prestação do serviço:
Em até 24 horas.
O solicitante precisa ficar atento ao contato telefônico que será feito pela equipe técnica visando confirmação e esclarecimentos.

Criado em: 27/06/2018

Atualizado em: 25/01/2022

Converse com a Central 1746 pelo WhatsApp

Importante:

O portal não funciona corretamente no Internet Explorer. Recomendamos a utilização de navegadores como o Chrome ou Firefox.

Baixe o app