menu
Acessibilidade

Informação

Análise, orientação ou fiscalização de casos de animais peçonhentos ou venenosos

lock Anônimo
1. O que é o serviço: 
Análise da presença e identificação de animais peçonhentos ou venenosos (aranhas, lacraias, escorpiões e lagartas) em residências, locais públicos, instituições públicas ou privadas e empresas.
 
2. Casos em que o órgão não atua:
•Execução do controle desses animais, desinsetização, higienização.
•Espécies não analisadas pelo Centro de Controle de Zoonoses: abelhas, maribondos, cobras, sapos.
 
3. Como o órgão atua:
•Orientação técnica e fornecimento de material informativo sobre aranhas, lacraias, escorpiões ou lagartas, visando à prevenção e ao controle pelo responsável
•Visita técnica para orientação e coleta de amostra para identificação da espécie, visando a orientar medidas preventivas de acidentes e o controle adequado
 
4. Informações necessárias para abertura do chamado:
•Nome do solicitante e telefones de contato
•Endereço completo do local da ocorrência, com ponto de referência
•Espécie animal encontrada
 
5. Informações complementares:
Se for possível e seguro, mantenha o animal contido em um recipiente, até a chegada do técnico. 
Caso tenha sido ferido por animal peçonhento, procure uma das Unidades de Saúde ou o polo de atendimento a acidentes com animais peçonhentos: Hospital Lourenço Jorge Av. Ayrton Senna, 2000 Barra da Tijuca, com atendimento emergencial 24h.
 
6. Prazo para prestação do serviço: 
Em até 21 dias corridos. 

Criado em: 27/06/2018

Atualizado em: 09/09/2019

Converse com a Central 1746 pelo WhatsApp

Importante:

O portal não funciona corretamente no Internet Explorer. Recomendamos a utilização de navegadores como o Chrome ou Firefox.

Baixe o app